INICIAPF logo

Esqueces-te a tua palavra-passe?

Preenche o endereço de e-mail para receberes a hiperligação de redefinição da palavra-passe.

loader

INICIA PF logo

Enviámos-te um e-mail

Clica na hiperligação e segue as instruções para redefinir a palavra-passe. Se não recebeste nenhum e-mail, consulta a pasta de spam.

INICIA PF logo

Enviámos um e-mail de confirmação.

INICIAPF logo

Voltar a enviar o meu e-mail de confirmação

Introduz o teu endereço de e-mail para receberes o e-mail de confirmação.

loader

EU E O MEU ANIMAL DE ESTIMAÇÃO

Como cuidar de gatinhos recém-nascidos, não desmamados

Incapazes de ouvir ou ver logo após nascimento, os gatinhos recém-nascidos são completamente dependentes do leite da sua mãe a nível alimentar. Por volta das quatro semanas de idade, vão começar gradualmente a comer alimentos sólidos e serão totalmente desmamados por volta das oito semanas de idade. A mãe também está sempre ocupada a proteger os seus gatinhos e a mantê-los quentes e limpos, a ensinar-lhes capacidades básicas de socialização e a ajudá-los a urinar e defecar nas primeiras três semanas. Se te deparares com um gatinho que ela parece ter deixado para trás, ou se a tua gata não for capaz de cuidar da ninhada dela, podes precisar de cuidar tu mesmo dos gatinhos. Neste caso, terás de agir muito rapidamente, especialmente se os olhos dos teus gatinhos ainda estiverem fechados, o que significa que os gatinhos têm menos de duas semanas de idade. Assumir o papel de mãe gata é um trabalho a tempo inteiro e exige muito cuidado e paciência, especialmente nas primeiras quatro semanas, mas pode ser muito gratificante. Segue as orientações práticas da Perfect Fit sobre como cuidar de gatinhos não desmamados para ajudares os teus pequenos felinos a crescer e tornar-se gatos felizes e saudáveis.

O que fazer primeiro: manter os teus gatinhos quentes e confortáveis

Se a mãe não está lá para o fazer, é importante que mantenhas os gatinhos recém-nascidos quentes, visto que eles ainda não são capazes de regular a sua própria temperatura corporal e podem facilmente entrar em hipotermia. Para garantir que os teus gatinhos estão suficientemente quentes, mantem-nos numa sala tranquila, sem quaisquer correntes de ar. Mantem a temperatura ambiente em cerca de 25 °C. Podes fazer uma cama acolhedora a partir de uma caixa de cartão forrada com cobertores para os gatinhos ou comprar uma cama para gatinhos já pronta. Podes usar uma luz infravermelha ou uma garrafa de água quente embrulhada com segurança em tecido para aquecer a cama deles. Mas certifica-te de que não está em contacto direto com os gatinhos.

Lembra-te: se os olhos dos gatinhos ainda estão fechados ou parcialmente abertos, este passo é ainda mais importante. Uma vez aquecidos, leva-os imediatamente ao veterinário.

Dicas para cuidar de gatinhos recém-nascidos ou não desmamados

CARREGA MAIS

Segundo, determinar a idade dos gatinhos

Assim vez que os teus gatinhos estejam num lugar quente e seco, tenta determinar a idade deles. Dependendo da idade, os gatinhos têm necessidades diferentes. Há algumas coisas a observar que podem ajudar-te:

  • Os olhos dos gatinhos estão fechados na primeira semana. Eles começam a abri-los cerca de uma semana a dez dias após o nascimento, e os olhos deles devem estar completamente abertos algures entre as duas a três semanas de idade.
  • Os primeiros dentes de um gatinho (também chamados de “dentes de leite”) começam a romper em cerca de 3 semanas, sendo que os primeiros caninos aparecem às 3-4 semanas. Em geral, todos os 26 dentes primários já apareceram às 6-7 semanas de idade.

No entanto, se não tiveres a certeza da idade dos teus gatinhos, pergunta ao teu veterinário. Em qualquer caso, é muito importante que os leves ao veterinário o mais rápido possível, para que ele possa avaliar a saúde geral deles e recomendar tratamento, se necessário.

Terceiro, vamos concentrar-nos na alimentação

  • O que comem gatinhos desmamados?

    Por esta altura, os teus gatinhos estão provavelmente famintos e estão a avisar-te de que as barriguinhas deles estão vazias miando copiosamente. No entanto, não te apresses a dar-lhes uma tigela de leite ou comida de gato, o que lhes fará mais mal do que bem.

    Em circunstâncias normais, um gatinho precisa exclusivamente do leite da mãe desde o nascimento até por volta das quatro semanas de idade. Até esse momento, os teus gatinhos não devem comer qualquer alimento sólido. Se eles têm menos de quatro semanas de idade, terás de os alimentar utilizando um biberão com fórmula de substituição de leite para gatinho. Pede ao teu veterinário que recomende o melhor leite para eles. Segue a quantidade de leite recomendada e a frequência das refeições indicadas na embalagem.

  • Como alimentar um gatinho a biberão

    Depois de teres feito um biberão com fórmula de substituição de leite para gatinho, aquece-o ligeiramente pondo-o sob água quente corrente ou colocando-o dentro de um copo com água quente. Põe o gatinho com a barriga virada para baixo, abre suavemente a boca dele com o dedo e insere a tetina. Segura o biberão num ângulo de 45 graus para evitar que o gatinho engula ar em conjunto com o leite. Se te parecer que ele tem dificuldades com o biberão, podes tentar usar um conta-gotas ou uma seringa. Assim que ele tiver terminado, pega num pano húmido e limpa-lhe o focinho. Passa também um pano macio, quente e húmido pelas zonas abdominal e anal do teu gatinho para o estimular a urinar e a defecar.

    Um gatinho recém-nascido pode precisar de comer cerca de 6/8 vezes por dia ou de quatro em quatro horas, passando a frequência a ser menor após as primeiras 2 semanas. Não te preocupes: provavelmente não será nada difícil saber quando eles precisam de ser alimentados, visto que um gatinho com fome pode ser muito barulhento! Tenta fazer com que o momento da alimentação seja relaxante para todos, alimentando os gatinhos num lugar tranquilo e certificando-te de que também estás confortável. Se os gatinhos te acordam durante a noite, pensa que, um dia, eles serão capazes de dormir a noite toda. Deves arranjar uma forma de pesar os gatinhos regularmente e com precisão para garantir que eles estão a ganhar peso adequadamente. (Vê o nosso gráfico de peso recomendado).

    Nota: nunca dês a gatinhos recém-nascidos qualquer leite que não seja a fórmula de substituição de leite para gatinhos, uma vez que é muito provável que outro leite perturbe os seus estômagos delicados.

  • Transição para alimentos sólidos: explorar novas texturas e cheiros

    A transição para alimentos sólidos ocorre no período entre as quatro e as sete semanas de idade. Às quatro semanas de idade, podes começar a misturar um pouco de alimentos húmidos com o leite para criar um tipo de papa. Deixa os teus gatinhos habituarem-se ao sabor e aumenta gradualmente a quantidade de alimentos húmidos. Por volta das 5 ou 6 semanas, podes começar a introduzir alimentos secos, amolecidos com água. Certifica-te de que escolhes alimentos de boa qualidade especialmente formulados para atender às necessidades nutricionais específicas dos teus gatinhos. Entre as 7 e as 8 semanas, os teus gatinhos devem estar desmamados e comer apenas alimentos sólidos.

Quarto, cuidados e higiene

  • Higiene: ajudar os gatinhos a evacuar

    Por mais surpreendente que possa parecer, até às quatro semanas de idade um gatinho não é capaz de evacuar (ou seja, urinar ou defecar) sozinho. A mãe gata normalmente ajuda o seu gatinho a fazer isto, estimulando as áreas genital ou anal dele (As coisas que as mães têm de fazer!). E apesar de agora poderes não estar encantado por ouvir isto, se ela não estiver por perto, terás também de o fazer após cada refeição até que os gatinhos sejam capazes de evacuar sozinhos. Nesta altura, estás provavelmente a perguntar-te exatamente o que este processo implica. No entanto, é na verdade mais fácil do que parece. Precisas de esfregar suavemente com um pano ou com um pouco de papel de cozinha quente e húmido sob a cauda do gatinho, até que ele urine e defeque. A boa notícia é que, por volta das quatro semanas, podes arranjar uma caixa de areia para gato pouco funda. Coloca o gatinho suavemente na caixa de areia para o habituar à sensação e permitir-lhe deixar o cheiro dele. Não te surpreendas se encontrares os teus gatinhos a dormir na caixa de areia. Pode demorar algum tempo para que eles percebam como funciona. Às 8 semanas de idade, eles devem estar a usar a caixa de areia sozinhos.

  • Limpar o gatinho

    Os gatos são habitualmente animais incrivelmente limpos. As mães gatas passam uma grande parte do tempo a limpar-se e manter os seus filhotes limpos, lambendo-se constantemente a si mesmas e aos gatinhos. Isto é importante para manter os gatinhos saudáveis e confortáveis. Como a mãe não está lá, precisas de limpar regularmente o corpo todo dos gatinhos com um pano limpo e húmido. Verifica também os olhos deles diariamente. Se houver qualquer secreção, usa uma compressa de algodão limpa, quente e húmida, e limpa suavemente os olhos, usando uma compressa de algodão limpa para cada olho. Se a secreção persistir, ou se o local parecer vermelho, dorido, inflamado ou inchado, é importante que os gatinhos sejam vistos por um veterinário.

  • Socialização e brincadeira

    A fase inicial de socialização começa por volta das 3 semanas de idade e termina por volta dos três meses, embora o gatinho beneficie da interação diária ao longo da vida dele. Durante esta importante fase, a mãe ensina aos seus gatinhos lições preciosas sobre como se manterem limpos, como conviver com outros gatos, como brincar e como ser um predador. Ela também define limites importantes sobre coisas como morder, arranhar ou comportamentos potencialmente arriscados. Se estiveres a cuidar de gatinhos não desmamados, deves ajudar a socializá-los. Em particular, é importante que eles aprendam a conviver com pessoas e outros gatos desde cedo, e como lidar com novas situações ou ambientes, incluindo novos sons, cheiros e diferentes formas de estimulação. Diverte-te e brinca com eles com confiança e testem juntos os muitos brinquedos para gato disponíveis para enriquecer as vidas deles. Ajuda-os a explorar novas sensações, experiências e limites. Desde cedo, deves começar a pegar nos gatinhos, fazendo-lhes festas gentilmente enquanto falas de forma suave, numa altura em que o gatinho não esteja a comer ou a dormir. Se eles te morderem ou arranharem, para imediatamente a interação e tenta novamente quando eles estiverem mais recetivos. Não devem ser dados castigos, nem a gatinhos nem a gatos. O comportamento indesejado deve ser ignorado e o comportamento desejado deve ser recompensado, neste caso com festas suaves.

    Nota: Começa com curtas sessões de festas a partir das 2 semanas de idade dos gatinhos e prolonga estes momentos até pelo menos 40 minutos por dia, fora das horas de refeição, até os gatinhos atingirem as 7 semanas de idade. Não te esqueças de que o teu gatinho também precisa de dormir muito para crescer bem. As boas condições de sono são importantes para a saúde e crescimento dos teus gatinhos.

    A esta altura, os teus gatinhos estão, esperamos, a caminho de se tornarem gatos felizes, saudáveis e bem ajustados. Poderão ser adotados por volta das 8 a 12 semanas, ou podes decidir ficar com eles e ter o prazer de os ver crescer. Seja qual for a tua decisão, deves sentir-te bem com todo o cuidado e atenção que lhes deste e com o vínculo forte que desenvolveste com os teus gatinhos.