INICIAPF logo

Esqueces-te a tua palavra-passe?

Preenche o endereço de e-mail para receberes a hiperligação de redefinição da palavra-passe.

loader

INICIA PF logo

Enviámos-te um e-mail

Clica na hiperligação e segue as instruções para redefinir a palavra-passe. Se não recebeste nenhum e-mail, consulta a pasta de spam.

INICIA PF logo

Enviámos um e-mail de confirmação.

INICIAPF logo

Voltar a enviar o meu e-mail de confirmação

Introduz o teu endereço de e-mail para receberes o e-mail de confirmação.

loader

FEED

QUANDO É QUE O MEU GATINHO SE TORNA NUM GATO ADULTO?

Um passo de cada vez: acompanhar as novas necessidades do teu gatinho

Do desmame ao envelhecimento, o teu pequeno amigo felino sofrerá uma série de mudanças físicas e comportamentais que provocarão, entre outras adaptações, uma alteração nas necessidades nutricionais dele. Uma das transições mais importantes na vida do teu gato é passar de um gatinho amoroso e enérgico e tornar-se num gato adulto igualmente adorável. Outra transição importante na vida de muitos gatos surge com a esterilização, que exige certas adaptações adicionais na dieta, incluindo uma possível redução de calorias. E para todas as transições, será mais fácil para ti e para o teu gato se compreenderes as mudanças previstas. A preparação traz-te maior tranquilidade e irá ajudar-te a certificares-te de que o teu companheiro querido se mantém saudável e em forma em todas as fases da vida.

Quando é que o meu gatinho é considerado um gato adulto?

Necessidades nutricionais e fases da vida

Até aos seis meses, o teu gatinho cresce a um ritmo muito rápido. A partir dos seis meses, o ritmo de crescimento dele abrandará consideravelmente. Aos 12 meses, o teu gato curioso provavelmente ainda parece um gatinho e é mais do que provável que ele ainda se meta em muitos sarilhos. No entanto, entre os 9 e 12 meses, a maioria dos gatinhos atinge quase o seu tamanho máximo. Com um ano de idade, o teu gatinho é geralmente considerado um adulto (mesmo se achares que ele ainda não se comporta como tal!).

Necessidades nutricionais e fatores de estilo de vida

À medida que o teu gatinho transita para a idade adulta, é importante acompanhar as novas necessidades dele. Além do ritmo de crescimento mais lento do teu gato, as necessidades nutricionais dele dependem de certos fatores de estilo de vida. Entre outros, estes podem incluir a diminuição da atividade física, dependendo se o teu gato tem ou não acesso ao exterior, se é esterilizado e se é ele quem manda lá em casa ou se tem de partilhar a casa com outro gato ou cão, o que tende a mantê-lo mais estimulado do que se estiver sozinho. Por exemplo, tal como seria de esperar, um gato adulto jovem com acesso ao exterior e que às vezes brinca com outro animal de estimação doméstico provavelmente terá necessidades energéticas mais elevadas do que as de um gato de interior sozinho com um estilo de vida mais sedentário

Transição de gatinho para gato adulto - Perfect Fit

CARREGA MAIS

Compreender as necessidades nutricionais do teu gatinho

Talvez o primeiro passo para o bem-estar ao longo da vida do teu gato é compreender como e por que razão as necessidades do teu gatinho diferem das necessidades de um gato adulto. Com um estômago pequeno, o teu gatinho esfomeado não só requer várias porções de ração diária, por vezes até 18 refeições por dia e noite para ficar satisfeito se estiver ao ar livre, como também precisa de alimentos ricos em proteínas, gordura e equilibrados em minerais, a fim de satisfazer as necessidades energéticas dele. Afinal, atingir o tamanho adulto requer alguma comida!

Além disso, como sabes, os gatinhos têm muita energia! Com todas as brincadeiras intensas, a algazarra e a continuação do crescimento, é especialmente importante para o teu amigo felino ingerir alimentos equilibrados de alta qualidade e nutricionalmente completos. Isto proporcionará uma base saudável para o resto da vida do teu gato. Desta forma, recomenda-se geralmente dares ao teu companheiro alimentos especialmente formulados para gatinhos até o primeiro ano de vida dele.

Chegar à idade adulta e mudanças de estilo de vida: mudanças nas necessidades nutricionais do teu gato

Quando o teu gatinho atinge os seis meses, com a maturidade sexual a aproximar-se rapidamente, esta é, por vezes, a melhor altura para ponderares a esterilização. Por razões de saúde, muitos veterinários recomendam frequentemente a esterilização precoce quando o teu gatinho tem entre quatro e seis meses. É importante estar ciente de que a esterilização terá certas consequências sobre o apetite e metabolismo do teu gato. Por exemplo, a capacidade de um gato esterilizado para queimar calorias sofre alterações e o ganho de peso pode aumentar até 20% rapidamente. Há uma possibilidade de ele também poder ter mais propensão para pedir comida numa tentativa de satisfazer o novo apetite. Assim, é crucial prestar muita atenção ao peso corporal dele durante este período potencialmente complicado de 18 semanas após a esterilização e controlar de perto a ingestão de alimentos.

Mudar de alimentos para gatinhos para alimentos para gatos adultos

Os gatos adultos precisam de ingerir menos alimentos devido à diminuição da atividade (sim, aparentemente a tua bola de pelo hiperativa irá abrandar um dia), ao facto de que estão a crescer muito mais lentamente, e a um metabolismo menos ativo em caso de esterilização. Por isso, de um modo geral, a partir do primeiro ano de idade, é melhor dares ao teu gatinho alimentos para gatos adultos, que contêm um teor mais baixo de proteína e gordura. No entanto, em caso de esterilização, pode ser melhor para o teu gatinho passar a comer alimentos para gatos adultos mais cedo, entre os seis meses e um ano, dependendo do conselho do teu veterinário, e quando todos os sinais de que o crescimento do corpo dele está completo forem identificados. Tudo depende do conteúdo nutricional da fórmula alimentar escolhida (por exemplo, a fórmula para gatinho ou para gatinho esterilizado dos seis aos doze meses).

A arte da mudança pacífica

A troca dos alimentos para gatinhos por alimentos para gatos adultos deve ser feita de forma gradual e requer um pouco de organização. Uma mudança muito brusca pode levar a problemas digestivos para o teu gato. Uma mudança gradual ao longo de 5-8 dias é melhor para permitir que ele se habitue à nova dieta. Começa por misturar uma pequena quantidade, por exemplo 10%, de alimentos para gatos adultos com os alimentos para gatinhos. A cada dois dias aumenta a percentagem de alimentos para gatos adultos. Normalmente, no dia sete ou oito o teu gatinho terá concluído a troca de alimentos com sucesso. Se ainda não o tiveres feito, recomenda-se muitas vezes começar a introduzir progressivamente diferentes sabores e texturas de alimentos, incluindo alimentos secos e húmidos. Isso vai ajudar a garantir que o teu gato não se torne num esquisito a comer. Além disso, certos gatos adoram naturalmente a variedade.

Monitorização do peso do teu gato adulto jovem

Como o teu gato cresce e passa a comer alimentos para gatos adultos é particularmente importante controlar o peso corporal dele. A fim de ajudares o teu gato a manter um peso corporal saudável, podes tentar adicionar alimentos húmidos aos alimentos secos do teu gato. Os alimentos húmidos também têm a vantagem de terem um teor de água muito mais elevado, o que é sempre bom para o teu gato. Também podes experimentar usar dispensadores interativos que o estimulem mentalmente. Finalmente, também podes ajudar o teu gato a manter um peso corporal saudável, participando regularmente em jogos de que ele gosta, usando brinquedos para gatos para incentivar o exercício físico.

Gato abaixo do peso

Enquanto a maioria de nós tende a preocupar-se com o facto do nosso gato ficar com excesso de peso, também é igualmente importante garantir que ele não está abaixo do peso. Se o teu gato adulto jovem parecer um bocado mais magro ou recusar-se subitamente a comer, aconselhamos que consultes o veterinário do teu gato. Perder peso pode ser um sinal de problemas de saúde ou de que as necessidades alimentares do teu gato não estão a ser corretamente satisfeitas. O teu veterinário pode aconselhar-te sobre quaisquer mudanças na dieta que precisem de ser feitas. Recomenda-se nomeadamente desparasitares o teu gatinho, mal seja desmamado, para evitar quaisquer problemas de crescimento relacionados com parasitas intestinais. Consulta o teu veterinário sobre a frequência de desparasitação.

A verdade essencial sobre a nutrição otimizada para o teu gato: vale a pena!

Por isso, como podes ver, crescer não tem de ser difícil para o teu gatinho, ou stressante para ti, desde que entendas as mudanças físicas e/ou comportamentais que o teu gatinho pode sofrer até à idade adulta num curto período de tempo. Nomeadamente, é importante não subestimar o papel crucial que a nutrição adequada desempenha no crescimento e desenvolvimento do teu gatinho. Quanto mais cedo estabeleceres uma dieta nutricionalmente equilibrada e adequada à idade do teu gato, melhor para ele em termos de benefícios reais e duradouros para a saúde.